Sono

Sono

1 de abril de 2018 Professores 0

Os hormônios liberados durante a puberdade fazem os adolescentes ficarem mais resistentes ao sono e quererem dormir mais tarde. Às vezes, muito mais tarde.

Eles acham cada vez mais difícil dormir cedo e têm muito sono de manhã.

Isso faz parte do amadurecimento. Não ocorre só porque eles querem ficar falando com amigos à noite.

Quando ficamos adultos, isso muda em geral. Tendemos a não ser tão “noturnos”.

Ou seja, o ritmo de sono, ou ritmo circadiano, muda na adolescência para muitas pessoas.

Portanto, professores, não fiquem ofendidos que os alunos dormem na sua aula!

Os adolescentes hoje em dia estão sonolentos durante o dia porque não estão dormindo o suficiente à noite.

Muitas vezes isso tem a ver com a tendência biológica do corpo deles de “querer” dormir mais tarde.

Jovens de fato têm muita dificuldade de cair no sono cedo.

Como muitos têm aula de manhã, acabam não dormindo o suficiente!

Isso pode gerar dificuldades de concentração, mudança de humor, e agressividade, além de fazer bem mal ao desenvimento físico.

Por conta das alterações comportamentais e cerebrais explicadas neste Portal, é difícil que adolescentes consigam, sozinhos, estabelecer bons hábitos e dar conta de dormir o suficiente a ainda acordar cedo para ir à escola.

Vejam: além do corpo deles “achar” que devem dormir mais tarde, eles ainda não têm a capacidade de se organizar e acham muito difícil evitar as tentações de, por exemplo, ficar trocando mensagens com amigos até tarde.

Dormir direito é essencial para que aprendam!

Portanto, jovens precisam de ajuda para regular seu sono.

Você, professor, tem um papel importante na transmissão de informações sobre “higiene do sono” aos alunos, e também para os pais de jovens com problemas escolares que podem estar relacionados a sonolência excessiva.

Vamos lá, às dicas para dormir melhor:

Adolescentes precisam dormir no MÍNIMO 8 ou 9 horas toda noite

Além disso, atenção: é muito importante que mantenham uma rotina na hora de ir dormir.

Devem fazer coisas relaxantes ao deitar, sempre na mesma hora.

O ideal é ler gibi, livro, revista… Isso deve ser feito até uns 30 min. 

Devem então apagar a luz e tentar dormir.

Hábitos assim “ensinam” para o corpo qual a hora de ter sono.

Sem rotina o corpo acaba produzindo sono na hora errada… 

Cochilos à tarde devem ser evitados. Dormir picadinho não descansa tanto quanto dormir tudo de uma vez. Além disso, reduz o sono à noite.

Se o jovem está realmente cansado durante o dia, deve cochilar por não mais de 20 minutos.

Sugiram aos pais que deixem os jovens dormir bastante no final de semana!

Eles devem ser acordados só lá pelas 11 h, se for possível.

Em seguida, o ideal é que saiam na luz do dia.

Os adolescentes variam entre si quanto à essa tendência de ficar mais noturnos (o termo técnico para isso é vespertinos).

Para uma parcela deles isso se torna um real problema. Lembre-se: essa é uma característica biológica, física, determinada pela genética.

Se estão sofrendo demais em acordar cedo durante a semana, o ideal é que não durmam muito tarde na sexta, e no sábado, e no domingo.

Nesses casos, os pais devem negociar para ser uma só saída noturna por semana.

Isso ajuda a não bagunçar demais a rotina de sono. Pode servir também de incentivo para que se organizem melhor e durmam mais.

Se o fizerem, podem “ganhar” como prêmio sair mais frequentemente à noite.

Para os que sofrem demasiadamente de sonolência na aula de manhã, deve ser considerado mudar o horário da escola para a tarde ou noite!

Caso contrário, alunos que são muito “noturnos” podem ter problemas na escola que vai se estender até ficarem adultos.

Ou seja, jovens que são “muito noturnos” podem ter prejuízos acadêmicos consideráveis!

Outra coisa importante: jovens devem dormir de luz apagada e com janelas/persianas fechadas!

A luminosidade atrapalha o sono, especialmente a luz de tablets, celulares, etc.

Essa luz dificulta que o corpo produza um hormônio (melatonina) que ajuda a dar o ritmo de sono.

Portanto, estes equipamentos não devem ser usados na cama!

Ficar trocando mensagens na cama também não é bom.  Isso deixa os jovens estimulados e faz o sono custar a chegar…

Dizer isso para eles não vai fazer de você uma pessoa popular…

Café, chás e refrigerantes não devem ser tomados do meio da tarde em diante. Estas bebidas contêm cafeína, que atrapalha o sono!

Fazer exercício físico intenso à noite, ou comer comida pesada na hora de ir para a cama, fazem o sono vir mais tarde…

Mas jovens não devem ir dormir com fome, pois isso atrapalha o sono e porque estão em fase de crescimento! Aliás, adolescentes crescem mais enquanto dormem!

Pais devem ser estimulados a usar o bom senso. Nem todos os adolescentes sofrem muito de sonolência durante as aulas/estudo.

Portanto, o uso das dicas aqui apresentadas variam de caso a caso.

Veja esse vídeo se quiser saber mais sobre alguns problemas de sono.

Há muita variação de ritmo de sono entre pessoas. Sugira que seu jovem veja esse mini-video.

Veja esse video sobre ótimos resultados de experiências internacionais de alteração de horário de início de aulas.

Se quiser saber quais os sintomas associados a essa tendência de “sono atrasado”, prencha esse questionário. Ele permite classificar as pessoas em matutinas (com tendência a estarem bem de manhã), verpertinas (que ficam bem à noite, como grande parte de adolescentes) e pessoas para quem isso não faz diferença. Essas são tendências genéticas e que mudam com o desenvolvimento! Não é a gente que escolhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *